Binaural/Nodar presente no ciclo Documente-se! 2010

Duncan Whitley, artista sonoro associado da Binaural
/ Nodar, exibe no Museu de Serralves entre os dias
17 de Abril e 17 de Maio 2010 duas instalações
sonoras no âmbito do Documente-se! 2010.

A presença de Duncan Withley neste importante
ciclo de arte e reflexão é produzida
pela Binaural / Nodar e consta de duas obras com
um tema comum: a importância do futebol na
dinâmica social de comunidades, urbanas
ou rurais:

G. D. Parada
Um projecto sonoro centrado num pequeno clube de
futebol amador, Grupo Desportivo de Parada, localizado
na pequena aldeia de Parada de Ester (Castro Daire,
Portugal). O projecto – desenvolvido no âmbito
de uma residência artística no Centro
de Residências Artísticas de Nodar
- foi estruturado para explorar a importância
do G.D. Parada dentro da comunidade rural local,
através de um trabalho de captação
de paisagens sonoras focado na equipa, quer nas
sessões de treinos quer em competição.


Sussex by The Sea
Durante a época futebolística de 2007/08,
Duncan Whitley levou a cabo várias sessões
de gravações sonoras realizadas no
Estádio Withdean do clube inglês Brighton & Hove
Albion. O trabalho de campo envolveu técnicas
de gravação multi-canal de forma a
captar as respostas dos adeptos do Brighton, através
da colocação de vários microfones
em diferentes pontos à volta do estádio.
A peça final forma parte de um processo de
vários anos de pesquisa e prática
usando gravações de campo para explorar
os aspectos sonoros dos adeptos de futebol e a genealogia
dos cânticos em diversos estádios do
Reino Unido. O trabalho foi originalmente exposto
no âmbito do festival EXPO, organizado pela
Sonic Arts Network em 2008.

A Edição de 2010 do ciclo Documente-se!
Realiza-se de 14 a 18 de Abril e de 13 a 16 de Maio. “Sentidos
do Reconhecimento” é o mote desta edição
onde se promove, a partir de um conjunto de propostas
artísticas e de abordagens de cientistas
sociais, uma reflexão sobre os processos
do (não) reconhecimento do eu individual
e social na contemporaneidade, estruturando identidades,
relações de poder e contextos sociais.

Documente-se! é organizado pelo Departamento
de Sociologia (DS-FLUP) e pelo Instituto de Sociologia
(IS-FLUP) da Faculdade de Letras da Universidade
do Porto, pelo Centro de Investigação
e Estudos de Sociologia (CIES-ISCTE) e pelo Serviço
de Artes Performativas da Fundação
de Serralves.

Programa do Ciclo Documente-se! 2010, aqui

 

 

Segundo ciclo de residências artísticas de Paivascapes #1

Yasuno Miyauchi & Masayo
Kajimura (JP/DE)
Anna HInts (EE)

Segundo Ciclo de Residências Artísticas
de Paivascapes #1
Concelho de Vila Nova de Paiva

6 a 20 de Abril 2010

O Programa de Residências Artísticas
de Nodar para 2010 tem um tema agregador único:
o rio Paiva. Ao longo do ano, do Inverno ao Outono
serão desenvolvidos diversos projectos artísticos
multidisciplinares (que tenham como elemento central
o som) numa perspectiva contextual relacionada com
as várias zonas geográficas do rio,
da nascente até à foz. Os segundos
projectos artísticos a serem desenvolvidos
são “Mind the River” da artista
visual e perfomer vocal da Estónia Anna Hints
e “Aqua Ephemera” da artista sonora
Yasuno Miyauchi e da artista vídeo Masayo
Kajimura.

Para Informação adicional sobre Paivascapes
#1, clicar aqui

 

 

Arranca a segunda edição do Projecto “Aldeias Sonoras”

A segunda edição
do projecto educativo de mapeamento sonoro de zonas
rurais “Aldeias Sonoras” decorre a partir
de Maio de 2010 em concelhos banhados pelo rio Paiva,
como Vila Nova de Paiva, Castro Daire, Arouca etc.,
em articulação com comunidades educativas
locais.

Esta edição do projecto “Aldeias
Sonoras” está integrada no evento “Paivascapes
#1 – Estrutura, Processo e Percepção
de um Rio”, um ciclo de actividades criativas,
educativas e de reflexão ligadas ao rio Paiva
que decorre ao longo de 2010 e finalizará em Março
de 2011 com um evento final multidisciplinar.

+info:

http://www.aldeias-sonoras.org

 


Binaural / Nodar promove e integra rede de aldeias serranas

A Binaural / Nodar é uma promotoras
da Associação Aldeias de Magaio, uma
recém criada rede de cerca de 15 aldeias
serranas do concelho de S. Pedro do Sul.

O projecto visa a dinamização
e revalorização dos recursos naturais
e culturais da zona, posicionando-se como uma iniciativa
de carácter integral cuja missão seja
o desenvolvimento sustentável das aldeias
serranas mais isoladas e periféricas de S.
Pedro do Sul.

A Associação Aldeias de Magaio irá gradualmente
articular / promover uma série de projectos
e actividades ambientais, culturais, sociais, económicas
e científicas desenvolvidas pelas associações
e outras entidades a actuar no território,
entre as quais as da Binaural/Nodar, mantendo-se
no entanto a autonomia de cada uma em termos de
gestão
da sua actividade.

O modelo de desenvolvimento que se pretende gerar é eminentemente
endógeno. A população local é parte
essencial do projecto, já que a melhoria
das suas oportunidades e qualidade de vida é a
principal razão do projecto.

+info:

http://www.aldeiasdemagaio.org

Enviar comentario
Categorías
Isaac Cordal