Festival sincero no Porto
mércores, 25 de xuño do 2008, por Madamme Cell.
categorías: Festivais

http://www.myspace.com/festivalsincero

23h dia 27.06.08 – Rua Duque de Vizela, 95, Porto

FESTIVAL SINCERO || TERCEIRA EDIÇÃO

23h ^ A CARCAÇA Colóquio-concerto

23.30h ^ THE MAMAS BAPTISTA Mamodrama hipersensivero de Marta e Filipa Baptista.

24h ^ MARÇAL DOS CAMPOS http://www.myspace.com/marcaldoscampos Três anos de pop sintético ultra melódico.

24.30h ^ FEIA MEDRONHO http://www.myspace.com/feiamedronho Duo techno metal chunga. Nascidos e criados na Ponte de Braga, estes dois engenheiros da Chungaria (a Engenheira Feia e o Engenheiro Medronho) inspiram-se nos sinos da Igreja da Nossa Senhora do Carmo para fazerem música. São difíceis de capturar e manter em concerto durante muito tempo, porque passam a vida a festejar, de forma rápida e alucinante. Rezam as lendas que os seus concertos são o seu confessionário onde se redimem dos pecados do festejo. De dia nunca ninguém os viu... apesar de haver 2 energúmenos que de vez em quando se fazem passar por eles.

1h ^ FOX TROT SIERRA Transmissão pirata.

1.30h ^ SOLO COMBO BASS BOOSTS http://www.jammusica.blogspot.com/ Este é um dos projecto de produção a que João Alves Marrucho tem dedicado mais tempo nos último anos. É o projecto herdeiro de Ana e leva a Nova Emoção 2.0 até ao Ultra Estilo 1.0. Trinta minutos de música para quem estiver interessado em assistir à primeira apresentação ao vivo de Solo Combo. Vai haver Cds à venda.

ANDALUCIA RACION (Vídeo) BAR LUIZA O bar do Festival Sincero, com as suas decorações interactivas, é um biscate da Luizinha, que usa os seus múltiplos talentos de forma criativa para pagar a renda. O bar terá as mais exuberantes combinações de frutos e cores, a combinar com o estilo do festival, em forma de bebidas com álcool e sumos naturais feitos em casa.

O Festival Sincero começou por ser uma festa de Natal e desenvolveu-se mais tarde num projecto maior de ocupação temporária de um espaço onde um conjunto de demonstrações de talento aconteceram.

Ao ritmo da cidade e ao vento quente do verão, terá lugar a terceira edição deste festival numa cave/loja do centro do Porto entre os Clérigos e a Avenida. O espaço a ser ocupado será o recinto fechado e a própria rua – o único limite será o palco e o tempo que pertencerá ao participante. Participações espontâneas, por entusiasmo do público, poderão acontecer após o tempo dedicado a cada participante agendado. Participações discretas e sinceras serão bem vindas e integradas no Festival, basta fazer uma inscrição no Bar. Não há lugares sentados e a "entrada" custa 0.50 cêntimos que deverão ser oferecidos generosamente ao festival. Pode-se fumar, serão vendidas bebidas e material promocional de cada participante.

Se o metal das moedas pesar e não der jeito ter 0.50 cêntimos na mão ou uns trocos a mais, levar bebidas para o bar.

Enviar comentario
Categorías
Madamme Cell